AS LEIS

     Pessoas que intencionalmente enviarem vírus de computador poderão ser condenados a até sete anos de cadeia, com multa de US$ 15 mil. É o que determina a nova lei aprovada no estado americano da Pensilvânia. Pela primeira vez, a legislação definiu o que é um vírus de computador. A lei também classifica como crime ataque de hackers (principalmente denial  of service). Segundo Carmine Camillo, consultor legislativo do senado, a lei foi escrita no ano passado (1999), quando o vírus Melissa começou a atacar. Invadir e danificar um computador ou sistema foi classificado como um crime de terceiro grau, punido com pena de sete anos de prisão e US$ 15 mil de   multa. Já interferir em um sistema ou distribuir senhas ou informações confidenciais é classificado como crime em primeiro grau com pena máxima de cinco ano e multa de US$ 10 mil.  Além disso, caso seja condenado, o hacker deve compensar financeiramente as vítimas, reparando ou substituindo os sistemas danificados e pagando pelos prejuízos causados. Os valores serão definidos pelo tribunal. A lei entra em vigor no final de julho (2000).